Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011
Saudade!

Não sei o que fazer com os dias que ficaram mais compridos.

Não sei como encontrar tarefas que me parem o pensamento.

Não sei como controlar as lágrimas diante de uma música.

Não sei como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não saber isto tudo!

publicado por carlos às 20:19
link do post | Diz algo | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Abril de 2011
Queria ter coragem!

"Queria ter coragem
Para falar deste segredo
Queria poder declarar ao mundo
Este amor
Não me falta vontade
Não me falta desejo
Você é minha vontade
Meu maior desejo
Queria poder gritar
Esta loucura saudável
Que é estar em teus braços
Perdido pelos teus beijos
Sentindo-me louco de desejo
Queria recitar versos
Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam
Você é a inspiração
Minha motivação
Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos
Que é largar tudo
Para viver com você
Este inconfesso desejo"

 

Carlos Drummond de Andrade

publicado por carlos às 04:29
link do post | Diz algo | O que dizem (1) | favorito
|
Sábado, 2 de Abril de 2011
Desencontrado Encontro!

Foi preciso que os olhos se encontrassem e sem hesitar, eles marcaram um encontro sem precedentes. Algo fora da agenda, maravilhosamente inclinados a encontrarem-se. Ansiosos eles esperaram que as palavras saissem. Mas, elas não puderam ser ditas, não havia mais tempo, porque as bocas também se precisaram.

Nesse súbito e desencontrado encontro, onde nada mais existia, apenas os pares de retina presos, as bocas se suplicavam. Os olhos ficaram para depois, porque foram os lábios que regeram magicamente aquele momento.

Fizeram caminhos desencontrados. Contornaram parte das peles. Decidiram que ali, elas ditariam as regras. E os olhos, ficaram para depois...

As palavras não tiveram espaço, pois eram pequenas, desnecessárias, diante da grandeza do Querer.

 

publicado por carlos às 23:29
link do post | Diz algo | favorito
|
Aconteceu e ...

As vezes tento entender porque me apaixonei,
Não sei quando, onde, nem escolho por quem,
Simplesmente aconteceu ...

Ah! se eu pudesse escolher, concerteza esse alguém serias na mesma tu,
Não pela beleza, mas pelo que há dentro do teu coração,
Certamente tu és o que há de mais belo ...

Teu sorriso me cativou,

Teu olhar me despertou,
Não precisas-te falar, somente olhar ...

Tu me conquistas-te,
E quando percebi, já era tarde de mais,
Só me restava dizer que estava apaixonado!

Não sei o que  vês em mim, nunca me disseste,
Só te queria  ouvir,
Mesmo que as tuas palavras não sejam o que meu coração procura em ti ...

As vezes posso me sentir longe,
Poucos podem explicar essa sensação,
Mas quando estou próximo de ti sinto-me perto de mim mesmo ...

Porque escondo o que sinto por ti ?
Se o que há de mais belo para ser descrito é o amor,
E isso é algo que não dá para esconder ...

Amor, será que é isso que sinto por ti ?
Um sentimento tão forte.

Então diz-me porque o silêncio é a melhor resposta?
Ele gera dúvidas, muitas vezes  deixa-me ansioso pelo que vai acontecer,
Mas preciso ter paciência e deixar que o tempo faça sua parte ...

publicado por carlos às 01:44
link do post | Diz algo | O que dizem (1) | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Março de 2011
Eu só quero!

Estava sozinho e senti uma vontade enorme de falar… não sabia com quem e o que falar, mas havia algo a dizer-me para falar. Para meter cá fora aquilo que sinto, mas não sabia o que dizer… cruzei as pernas, olhei para o nada e comecei a falar do coração. Entretanto, senti um vento suave a passar-me pelos olhos e fechei-os! Não sei porque os fechei, apenas fechei!  Falei, falei, falei até dizer chega, mas havia sempre algo por dizer. Contei ao vento o quanto te amo, contei como toco em ti e porque toco em ti. Mas porque motivo toco em ti?! Porquê?! Que raiva ter perguntas e não saber as respostas. Um dia essa situação vai-se inverter. Tu fazes as perguntas e eu dou as respostas! A ver vamos se é possível. Chegou a uma altura que tive de falar de nós!  O coração batia forte quando era para falar de ti… ficava sem palavras, ou melhor, tinha-as todas, mas tinha medo de dizer o que quer que seja. Mas eu tinha de dizer o que sentia por ti, o quanto tinha vontade de te amar e quanto queria que percebesses aquilo que sentia por ti! Não era amor. O que sentia por ti era vida! Isso mesmo! Tentei ser um barco para te transportar, mas até agora não consegui ser, mas um dia vou ser. Quero um dia levar-te a um lugar. Um lugar bom. Vou levar-te ao local que nos uniu e quer unir… ou não! Quando chegarmos a esse local, vou contar-te das inúmeras vezes que te tentei amar, das várias vezes que sorri para ti, das vezes sem conta que te toquei. Agora sei porque te toquei. Porque te amava, porque queria que percebesses que eu gostava de ti. Tocava apenas nos teus dedos e no teu coração. Os teus olhos já me derreteram. Não sei o que sentes por mim, mas o que eu sinto por ti… se soubesses o que sinto por ti, nem acreditavas!  Não quero amar qualquer pessoa! Quero amar-te a TI! Tu é que me fazes voar, mesmo a dormir.  É querer estar do teu lado e perder a noção do tempo. Estar do teu lado é… estar do teu lado é… é simplesmente ser a pessoa mais feliz do mundo.

publicado por carlos às 04:46
link do post | Diz algo | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011
...

Descubro agora que existem duas dores de amor.

A primeira que já  conheço é quando a relação termina  e seguimos o caminho a amar e com a ausência do outro, com a sensação de perda, de rejeição e sem perspectivas, pois ainda estamos muito envolvidos na dor que não conseguimos ver a luz no final.

A segunda dor é quando começamos a ver essa tal luz.

O que mais nos incomoda é a falta dos beijos e abraços, a dor de já não sermos importantes para o nosso amado.

Mas quando esta dor passa, começa o ritual da despedida, abandonar o amor que sentíamos , e isto dói .

A dor de esvaziar o coração, de tirar a saudade, de ficar livre, sem o sentimento especial por aquela pessoa, isto também dói e muito.

Fica-se ligado ao amor tanto quanto à pessoa que o gerou.

Despedir-se de um amor é despedirmo-nos de nós mesmos.

É o remate final de uma história que terminou, externamente mas sem nós concordamos.

Também precisa de sair de dentro de nós.
E só aí é que poderemos amar de novo.

Eu estou: Bem
O que ouço: http://www.youtube.com/watch?v=ZCbSL7nYFGY
publicado por carlos às 17:45
link do post | Diz algo | O que dizem (2) | favorito
|
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011
Parabéns!

Algum tempo passei ao lado de tão ser especial...
O homem pelo qual me apaixonei e sem o qual ainda estou a aprender a viver!
O teu sorriso e o teu olhar, meigo e cativante

Nao me canso de contemplar, nem por um instante.
O meu amor por ti nunca foi medido...maior que o mar.

És maior que o infinito!

 

Que tenhas um ano cheio de felicidade, sucesso,paz e amor!

Desejo-te um feliz aniversário!

Parabéns Leandro!


publicado por carlos às 17:00
link do post | Diz algo | O que dizem (2) | favorito
|
Terça-feira, 31 de Agosto de 2010
" Do Começo ao fim"

 Tão simples...é amor na forma mais pura e sublime!

 

publicado por carlos às 09:18
link do post | Diz algo | O que dizem (1) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
Devaneios...

Foto by olhares.aeiou.pt/gemersondias

 

Perco-me em devaneios.

Perco-me nos meus desejos, nos meus anseios, nas minhas aspirações.

Perco-me no passado, presente e futuro.

Perco-me em sorrisos, em carinhos, em abraços, em gestos, em palavras, em lições e em olhares.

Perco-me em lágrimas, nas oscilações das batidas no peito, nas gargalhadas.

Perco-me na briga entre a razão e a emoção, entre a mente e o espírito, entre a insanidade e a lucidez.

Perco-me em casos e acasos. Perco-me no meu romantismo, na minha ousadia, na minha frieza.

Perco-me em minhas qualidades, em meus defeitos.

Perco-me no que fui, no que sou e no que quero ser.

Perco-me do concreto ao abstracto.

Eu me perco-me... E é como li algures “Perder-se também é caminho"

 

Pois tenho tido devaneios,loucuras,novas experiencias, coisas que jamais pensei fazer...fiz tudo o que até agora me apeteceu...sem pensar...foi bom...não me arrependo desta loucura recente...destes dias frenéticos...foi necessário, foi preciso...estou bem!

Estou-me a encontrar!

 

Eu estou: ..............
publicado por carlos às 05:15
link do post | Diz algo | O que dizem (5) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Agosto de 2010
Quando não existem palavras a musica diz tudo...
publicado por carlos às 06:53
link do post | Diz algo | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Julho de 2010
Aínda te amo!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

               Foto by olhares.aeiou.pt/ainos

 

Um simples voar de um pássaro me faz lembrar dos incríveis momentos que passei ao teu lado.

O simples perfume de uma rosa me faz lembrar o quanto te amei e o quanto te amo!

A minha vida hoje ainda depende da tua para ser totalmente feliz, para ser completo.

O meu pensamento ainda precisa das tua lembranças para dormir,os  meus ouvidos ainda precisam ouvir a tua voz ao acordar.
Ainda tenho na minha cabeça cada momento que me disseste "eu amo você", cada olhar teu na minha direcção, cada vez que disseste o meu nome ainda está nos meus pensamentos como se fosse ontem.
Triste e saudoso fico quando me lembro que um dia  te tive em meus braços, e castigo-me cada vez que percebo que fiz muito mal ao meu coração por te perder.

Ainda te amo!

 

publicado por carlos às 02:00
link do post | Diz algo | O que dizem (3) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Julho de 2010
Inspirador!
Achei lindo e muito inspirador... quis partilhar!
publicado por carlos às 14:53
link do post | Diz algo | O que dizem (1) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Julho de 2010
Apenas teu!

 


Apenas Teu...
No teu corpo quero sobrevoar em ânsias de desejos.
Quero dentro de ti me refugiar como num baú com segredos.
Quero ser teu dia e a tua noite.
Quero ser teu. Apenas teu.
E nas asas abertas do tempo, á tua espera, momento fugaz...

Atravessar o portal do ontem e do hoje, entrelaçar com o amanhã em labaredas ao vento.
Ser, ter, querer... meu, só meu.
Tu o baú do tempo.
Eu, teu tesouro do destino.
Sinto-me como se fôssemos apenas letras soltas que se desfazem sopradas nos sussurros mordidos nas peles suadas pela paixão...
Que se desfazem com o tempo... ao vento.
Queres-me como te quero?
Desejo-te desfalecido nas entranhas da minha carne.
Só assim serás meu... apenas meu.

 

 

publicado por carlos às 18:07
link do post | Diz algo | O que dizem (3) | favorito
|
Domingo, 11 de Julho de 2010
Encontro-te sempre...

Na distância que nos separa, pois faço dela um motivo para pensar sempre em ti...
Nas noites enluaradas, pois vejo a lua com os olhos do amor que incendeia meu ser e me dá esperança de que te terei em meus braços mais uma vez...
No vento que sopra, pois imagino  o maravilhoso que seria contemplar-te...
Na chuva que cai, pois imagino as tuas roupas coladas ao corpo, delineando cada curva, despertando em mim o mais intenso desejo humano...
Nas noites frias, pois construo um castelo com lareira só para nós os dois...
Nas noites solitárias, pois elas serão só nossas e nelas podemos exprimir e realizar todos os desejos reprimidos...
No céu estrelado, pois admirando cada estrela que os meus olhos podem contemplar, percebo que, apesar de tanta beleza, nenhuma delas pode ser comparada a ti...
No meu coração, pois ele não tem lugar para mais ninguém, tu ocupas-te o trono central e inspiras todos os meus actos e acções...
Eu  encontro-te sempre em tudo, pois tu fazes-me ver o mundo com uma visão diferenciada, tudo é mais belo e tem mais valor.

publicado por carlos às 23:37
link do post | Diz algo | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Julho de 2010
Primeira página de um novo livro!

Viver não é acordar, comer e dormir e esperar. Viver é simplesmente ir atrás dos meus sonhos, vontades e de mim. Sei que não é fácil...
Por vezes acontecem coisas diferentes, coisas que sem perceber o porquê marcam, magoam e me dão determinação e força que estava a precisar,mesmo sem saber, acabam por ajudar muito no meu crescimento pessoal.
Eu, por diversas vezes e recentemente, vivi (pelo menos achei) a achar que estava a fazer o correcto...,não estava.
Confesso que fiquei chocado, surpreendido, desiludido por algumas palavras ditas,parece que tinha uma visão fechada do meu mundo!
Com isto, posso dizer que passei a tarde toda a pensar e tirei varias conclusões de muitas dúvidas!
A vida não foi feita apenas para viver por viver, quero seguir em frente e procurar as minhas melhoras, mesmo que pareça difícil, mesmo que não me sinta capaz, vou em frente e tento, luto pelos meus sonhos e projectos!

Não desisto nunca, a vida não é construída apenas com facilidades, a vida é mesmo para se superar a cada dia um obstáculo!
Por mais difícil que  pareça a situação, não existe nada que não tenha solução, nada que não possa ser superado,nada acontece por acaso!
Então, comecei a agir, comecei a criar esperanças nas pequenas coisas que me fazem sofrer, saí do mundo que achava que não tinha mais jeito!
Por mais que pareça difícil, por mais que  sinta saudades lá na frente,  eu sigo!
Só quem subiu ao pódio, só quem foi campeão até hoje, foi quem tentou e procurou seguir os seus instintos!
Não vale a pena ficar sentado  e procurar respostas sem ir à luta.

Entre ficar sentando e seguir os meus sonhos, a minha vida,afirmo que o melhor é tentar, mesmo com medo,  só vou ter respostas ás perguntas que me ocorrem nos  meus pensamentos se tentar!
É bem melhor viver á procura do que ficar á espera!

Não desisti ..mas finalmente voltei a acreditar em mim.

Eu sou muito!

publicado por carlos às 02:07
link do post | Diz algo | O que dizem (3) | favorito
|
Se me querem conhecer
Os últimos...

Saudade!

Queria ter coragem!

Desencontrado Encontro!

Aconteceu e ...

Eu só quero!

...

Parabéns!

" Do Começo ao fim"

Devaneios...

Quando não existem palavr...

O que já lá vai...
quantos me visitaram
free hit counters
free hit counters
favorito

AMANTES

Queres encontrar algo?
 
eXTReMe Tracker