Segunda-feira, 28 de Maio de 2007
uma pequena história.................

Vou fazer uma pausa, no meu dia a dia, para vos contar uma outra história que para mim hoje significa muito.Não me identifico na totalidade da história, mas em alguns aspectos. A história é sobre um casal hetero, mas o amor acontece a todos.....então a história em forma de diálogo é assim:

Ele: Estou?

Ela: Olá!......

Ele:Quem é?

Ela: Sou eu, a felicidade iludida.

Ele:O que é que tu queres?

Ela:Dizer que te amo.

Ele:Outra vez?eu já ouvi isso 15 vezes! Não te cansas?

Ela: Quem ama não cansa.

Ele: Mas eu Canso....eu não te amo!

Ela:O quê?!

Ele: È isso mesmo, eu iludo e por isso me chamo ilusão de amor.

neste momento uma lágrima corre pela face

Ela:Como podes dizer isso?

Ele:Dizendo que não te amo.Não devo nada a ninguém.

Ela:Não deves nada?!

Ele:È claro que não.

Ela:Deves sim.O teu amor.

Ele:Que amor?

Ela: Tu fazes-me voar tão alto e agora dizes que não me amas???

Ele:Deves estar a ficar louca!

E as Lágrimas insistentemente não paravam de cair.

Ela: Estou mesmo louca....acrediteiem ti!

Ele: Tu sabias que era só amizade,não?

Ela:Claro que não!Disses-te tantas coisas....e ainda me deste um beijo!

Ele: um beijo! Aquilo nem foi um beijo.

Ela: Não foi?? então o que foi?

Ele:Ok...foi um beijo sem significado.

Ela: e um beijo sem significado, deixa de ser beijo?

Ele: Não.

Ela:Quer dizer eu não significo nada para ti?

Ele:Signficas....

Ela:O quê?

Ele: uma grande conta de telefone no final do mês.Agora vou desligar.

Ela:Não....por favor!

Ele:Porquê?

Ela:Porque te amo...

Ele:Qual o valor que o teu amor me vai dar?

Ela: Felicidade.

Ele:Eu quero coisas materiais.

Ela:eu vou ser tua.

Ele:Isso não vale....Quanto é que tu vales?

Ela: Porquê essa pergunta?

Ele: Se eu enjoar de ti posso-te empenhar?

Ela: O que é que eu fiz para me tratares assim?

Ele: Amar-me!Agora vou desligar.

Ela: Não por favor.

Ele: queres parar com isto, estou farto.

Ela: não por favor, não desligues.

Ele:...............

ela: fala comigo.

Ele:.................

Ela: Por amor de Deus diz que amas.

Ele:Ouve...eu já estou farto de ti.Agora v~e se me esqueces.

Ela:Eu prefiro morrer do que te esquecer.

Ele: Ai é? Então mata-te!(ele desliga)

Ela: Não........por favor.....não me faças isto, eu amo-te.

ALGUNS DIAS DEPOIS

-Do que morreu esta rapariga?-perguntam

- De intoxicação - Responde a enfermeira

- coitada ela tinha algum problema?

- sim, sofria de amor, responde a enfermeira.

E então, no dia do funeral o rapaz de que a rapariga gostava apareceu no local prestando a sua ultima homenagem e lançou uma rosa vermelha e disse baixinho - Amo-te!

Ela lá de cima a ver tudo, respondeu bem alto: Tarde demais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

fim da história! claro que eu não me identifico nesta história apenas em alguns pontos, mas morrer por amor!!!!!!!!!!!!!!!!

enfim cada um pense o que quiser!

tags:
publicado por carlos às 23:25
link do post | Diz algo | favorito
|
3 comentários:
De sergio a 28 de Maio de 2007 às 23:50
quero comentar não só esta história, mas todos os posts, são interessantes e acredita que me identifico com muito do que escreves.....vou seguir atentamente.
De Ana a 30 de Junho de 2010 às 22:32
Um dia...Vais conseguir ser feliz...
Assume o que és e di-lo ás pessoas mais importantes da tua vida...Se te amarem de verdade...Perdoar-te-ão
Sê feliz...
De carlos a 1 de Julho de 2010 às 02:46
Olá Ana!
Esta história já foi há muito tempo atrás...a minha vid desde então mudou tanto... Amei novamente, ainda amo e fui amado. Tive uma bela hist´ria de amor que neste momento está um pouco estagnada devido a distância, mas que acreito muito que vai deixar de existir essa distancia.
Obrigado, beijinho!

Comentar post

Se me querem conhecer
Os últimos...

Saudade!

Queria ter coragem!

Desencontrado Encontro!

Aconteceu e ...

Eu só quero!

...

Parabéns!

" Do Começo ao fim"

Devaneios...

Quando não existem palavr...

O que já lá vai...
quantos me visitaram
free hit counters
free hit counters
favorito

AMANTES

Queres encontrar algo?
 
eXTReMe Tracker