Quarta-feira, 16 de Abril de 2008
Ao teu lado...

Foto by Paulo César      www.paulocesar.eu

Ao teu lado irei deitar-me,

Juntos poderemos

Olhar nossos corpos.

Em êxtase...sonhado!

Ao teu lado irei deitar-me.

Num silêncio prolongado

Silêncio nosso que,

Prolonga-se para lá das palavras.

Ao teu lado irei deitar-me.

Sem nos tocarmos

Amar-nos-emos, assim...

Deitados lado a lado!

O que ouço: The Blower´s Daughter - Damien Rice
publicado por carlos às 23:25
link do post | Diz algo | favorito
|
4 comentários:
De M. a 17 de Abril de 2008 às 21:45


[tou] sem verbos


Beijo cuidadoso
De carlos a 19 de Abril de 2008 às 17:16
ui..ui..por onde andam esses verbos? Mas como já disse não precisas deles...
Beijo , minha M.
De Just Moments a 17 de Abril de 2008 às 22:04
Que lindo poema e (sonho??)

Obrigada por todo o teu apoio amigo!

Espero que estejas bem..

Beijinhos
De carlos a 19 de Abril de 2008 às 17:18
Olá, pode ser um sonho e tornar-se realidade...nunca sabemos.
Não precisas de agradecer.
Beijo e fica bem.

Comentar post

Se me querem conhecer
Os últimos...

Saudade!

Queria ter coragem!

Desencontrado Encontro!

Aconteceu e ...

Eu só quero!

...

Parabéns!

" Do Começo ao fim"

Devaneios...

Quando não existem palavr...

O que já lá vai...
quantos me visitaram
free hit counters
free hit counters
favorito

AMANTES

Queres encontrar algo?
 
eXTReMe Tracker