Domingo, 15 de Junho de 2008
Aprendi...

 

 

 

 

 

 

Foto by Paulo Madeira   www.paulomadeira.net

 

Aprendi que uma lágrima sincera  alivia-nos o coração,

Aprendi que chorar, nem sempre é tão mau assim;

Aprendi que a saudade é algo que não podemos evitar,

E que viver sem ela, a vida não tem a mesma graça.

Aprendi que um grande amor, só se tem uma vez,

E que amar muito alguém é dividir toda a sua vida.

Aprendi que conviver não é suportar,

É respeitar as diferenças.

Aprendi que sentir ciúme é normal,

Mas ser obsessivo é perigoso.

Aprendi que  sentir-se amado é a melhor coisa do mundo,

E que fazer alguém  sentir-se amado é melhor ainda.

Aprendi a ser especial e fazer de alguém  especial.

E fazer alguém  sentir-se protegido, mesmo que seja com palavras.

Aprendi que amigos nem sempre são sinceros,

Mas nem por isso devemos ser cinicos.

Aprendi que o tempo leva toda a dor,

Mas as cicatrizes são marcas eternas.

Aprendi que viver um sonho é bom,

Mas que viver a sonhar pode ser utópico.

Aprendi a ser feliz, a sorrir, a chorar, a amar, sofrer,

Mas ainda não aprendi como esquecer um grande amor
!

 

 

Foto by PauloMadeira   www.paulomadeira.net

 

publicado por carlos às 17:15
link do post | Diz algo | favorito
|
20 comentários:
De Estupefacta a 15 de Junho de 2008 às 17:21
Pois é amigo, acho que ninguém aprendeu a esquecer um grande amor, porque não se aprende.
Contigo aprendi o valor da amizade.
Longe da vista, mas não do coração.
Um grande beijinho de quem te «segue»
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:01
Olá minha querida e boa amiga!
Eu sei que me segues, assim como eu também te vou seguindo.
És sim, uma boa amiga, tu tens um cantinho cá dentro...
Beijos enormes
De MIGUXA a 15 de Junho de 2008 às 19:10
Pois é verdade rcarlos, levamos uma vida inteira a aprender e nunca chegamos a saber tudo...

Mas, já levas de avanço a muita gente e, se me permites a minha opinião, um grande amor nunca se esquece, pode guardar-se, num cantinho do nosso coração, latente mas, esquecer ...é impossível.

Beijo
Margarida
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:03
Olá Margarida, essa é a grande verdade, estamos e estaremos sempre a aprender e que bom que é.
Concordo, nunca se esquece um grande amor, e sabes que mais, ainda bem, porque foi tão, mas tão bom, que não o quero esquecer, quero guarda-lo como uma boa recordação, como uma boa fase da minha vida, das melhores.
Beijo e obrigado.
De Júlia a 15 de Junho de 2008 às 20:39
Com toda essa aprendizagem, deves de te ter tornado numa pessoa muito singular. Oxalá, todos aprendessemos tanto. Eu vou tentando...

Penso que nunca se esquece um grande amor, porque esse sentimento faz parte da história do nosso ser e, querendo ou não, vai permanecer sempre bem lá no fundo; o sentimento da sua ausência é que se pode tornar menos penoso, à medida que o tempo vai passando.

Fica bem. Júlia.
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:06
Olá Júlia, aprendi e vou aprender ainda mais. Mas o ultimo ano foi muito intenso para mim, sei que aprendi mais neste ano do que em muitos anos do passado. Cresci, amadureci, tornei-me melhor. Mas ainda tenho tanto para aprender, e se eu consigo todos conseguem.
O grande amor que não se esquece, sim, tens razão, não se esquece nunca, e também não é o pretendido, mas sim guardar o melhor dele, do que foi, e seguir.
Beijo e obrigado.
De Just Moments a 16 de Junho de 2008 às 01:49
Olá..
Quanto li não pude deixar de cá vir..Conheço-te à pouco..mas tornaste-te "especial"..pela Tua forma de ver a vida, pela sensibilidade incrivel que posuis e pela calma que estranhamente sinto quando cá venho!..

Já todos sabemos que não se esquece nunca um grande amor..apenas o deixamos adormecido..mas também não devemos esquecer tudo e todos (até virtuais) que fizeram parte da Nossa vida, pois só assim nos tornamos nas pessoas que hoje somos!...

beijinhos e uma bela semana!

ps..ja sinto falta dos teus belos comentarios..
espero que esteja tudo bem!
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:11
Olá, antes de mais , sabes uma coisa minha amiga? Não sei o teu nome???? Pois ...Pois...
Obrigado pelas tuas palavras e por me considerares especial, também eu te achei especial, daí a nossa empatia desde o inicio. Sou como a vida quis que eu fosse, e eu aceitei. Sei que um dia poderemos estar muito mal, mas também sei que é tudo uma questão de tempo e força. Tento e acho que sou muito positivo, a vida é bela demais para me deixar ir pelas coisas menos boas.
Em relação à minha ausência, tem sido por motivos profissionais, tenho andado em viagem por alguns locais e por isso essa ausência.
Mas nunca me esqueço dos amigos, virtuais ou não.
Beijos minha amiga ainda sem nome!
De Just Moments a 16 de Junho de 2008 às 01:52
Este vai para os favoritos!!

beijos
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:12
Obrigado, linda...linda...linda!
Muitos beijos!
De Just Moments a 20 de Junho de 2008 às 21:44
Olá Amigo!

Lindos são os teus postes!

Fizeste anos??
Parabéns

Que o Sol brilhe sempre para Ti!!

Beijinhos fofos
De carlos a 22 de Junho de 2008 às 22:05
Olá e obrigado, sim fiz anitos...mais um...:(
Beijos
De divaegugas a 17 de Junho de 2008 às 11:45
ola...é a primeira vez que venho ao teu blog, estev post estava nos favoritos de uma grande amiga...e percebo perfeitamente porque...é lindo...e deixou me a pensar
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:14
Então sê muito bem vinda!
Obrigado pelas generosas palavras.
Tento passar aqui tudo o que sou, o que sinto, o que quero. Se te deixou a pensar, agradeço-te mais ainda!
Beijinhos
De M a 19 de Junho de 2008 às 00:04
Nem é coisa para ser aprendida.
Assim como as coisas do coração
como nós
meu querido C. desejo-te um dia muito feliz, mesmo aí nesse paraíso florido. saudades de ti imensas.
Parabéns meu Carlos! Muitas Felicidades. desculpa dizer aqui mas tu mereces.

Beijo e abraço imenso
De carlos a 20 de Junho de 2008 às 15:17
Oláaaaaaaaaaaaaaaaa minha M!
Claro que não se aprende, e ainda bem que não, quero guardar essa minha recordação, não viver dela, mas recordar sempre que quiser!
Também tenho saudades e muitas, não resisti e interrompi um pouco o meu trabalho aqui na Madeira, para vir aqui um pouco.
Obrigado pelos parabéns, muito obrigado mesmo, e não tens de pedir desculpa, não é segredo o meu aniversário.
E já agora foram 35 anos!
Beijinhos, minha encantadora M!
De azuldoceu a 28 de Junho de 2008 às 20:41
Tive conhecimento do teu blog atraves do blog de uma amiga e apesar de ainda ter visto mto pouco, acho que já fiquei fã...
Antes de mais mtos parabéns, apesar de serem atrasados...
Eu fiz ontem anitos... 34... somos do mesmo mês, mas com um ano de diferença...
Qto ao esquecer um grande amor... penso que nunca se esquece... mas tomara eu neste momento conseguir pelo menos afastá-lo do pensamento... mas só com o tempo lá vou...
Fica bem
Bjinhos
De carlos a 29 de Junho de 2008 às 22:00
Olá e bem vinda!
Obrigado pelas tuas simpáticas palavras.
Escrevo o que sinto, o que se passa comigo, sou muito sincero aqui, sou mesmo eu.. se as pessoas gostam disso, fico feliz, porque isto sou eu!
Esquecer um grande amor, não se esquece nunca, mas com o tempo e só o tempo conseguimos conviver com ele sem trsiteza, dor e sofrimento.
Beijinhos e obrigado pela visita.
De carlos a 30 de Junho de 2008 às 13:36
Ah esquecime obrigado e parabéns também... o mês de junho é fantasttico para se fazer anos!
Beijinhos e felicidades
De azuldoceu a 30 de Junho de 2008 às 13:57
Obgda! Pois, o mes de Junho é bonito... não so por ser o nosso mes, como por ser o mês em que começa o Verão.
Bjinhos

Comentar post

Se me querem conhecer
Os últimos...

Saudade!

Queria ter coragem!

Desencontrado Encontro!

Aconteceu e ...

Eu só quero!

...

Parabéns!

" Do Começo ao fim"

Devaneios...

Quando não existem palavr...

O que já lá vai...
quantos me visitaram
free hit counters
free hit counters
favorito

AMANTES

Queres encontrar algo?
 
eXTReMe Tracker