Quarta-feira, 26 de Maio de 2010
Dúvidas...

Mais uma vez pensamentos tristes assombram  o meu ser.

Há horas que dá vontade de desistir, de deixar tudo pra trás e começar de novo, mas como começar de novo com um passado tão grande.

Há momentos em que os sonhos parecem ficar cada vez mais longe, ao invés de aproximar. E aí pergunto-me: Foi algo que eu fiz de errado? Foi algo que eu deixei de fazer? Com certeza são todas elas. A todo momento fazemos algo de errado mesmo que inconsciente.

Uma vez ouvi num um filme que “o que nós fazemos é o que o nos caracteriza como pessoa”, mas e daí? Como classificar actos que se tornarão tão comuns no meio da sociedade.

Certo seria algo que todos fazem? Ou seria fazer o que cada um acha que é certo?

Ou seja, com os nossos próprios princípios.

Quem será que pode responder a questões como estas.
Qual seria o nosso papel aqui na Terra? Será que cada um tem um papel a fazer?
Alguém sabe responder!??

 

PS:

Leandro, dificil não é lutar por aquilo que se quer, mas sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu não vou desistir. Acredita que tenho força e vontade de lutar por ti, mesmo que continue a sofrer á distância!

publicado por carlos às 13:10
link do post | Diz algo | favorito
|
12 comentários:
De Ivo a 26 de Maio de 2010 às 17:24
Olá...já ão passava por aqui há algum tempo!
Vejo que não estás bem. Se amas de verdade deves lutar, não desistas, mas conta que enquanto lutas também sofres...isso é certo.
Força e já sabes embora afastado nunca esqueço o ombro amigo que foste para mim há muito tempo.
Beijo Carlos!
De carlos a 28 de Maio de 2010 às 00:00
Olá... realmente já não te via por aqui há muito tempo... mas eu tb não tenho vindo muito.
Obrigado pelas tuas palavras, tens razão que estou a sofrer e sei bem que enquanto não desistir vou continuar a sofrer...mas é mais forte do que eu.
Espero que esteja tudo bem contigo.
Abraço
De "Livros e Amália" a 28 de Maio de 2010 às 00:28
Olá... estou de boca aberta, não só por este post, mas por todos...estou aqui sentado a ler-te há mais de duas horas e sabes que mais estou deliciado e surpreendido. Surpreendido por que te conheço e tu a mim e não fazia a minima ideia que escrevias assim. Comecei a ler e aos poucos achava a tua cara e tive a certeza que eras tu num post que colocas-te a tua foto e as declarações de amor a um Leandro, e eu sabia por outras fontes que namoravas com um brasileiro chamado Leandro.
Apesar de tudo espero muito sinceramente que sejas muito feliz, pois nunca deixei de gostar de ti, mesmo sem nos vermos ou falarmos há mais de dois anos. Por acaso vi-te este sábado em Lisboa, naquele local habitual da noite de lisboa(F), mas tu não me viste e eu não tive coragem de ir ter contigo, pensei que poderias estar com o teu namorado, agora percebo que não. Espero quem saibas quem sou...eu sei que sabes!
Beijo grande Carlos e as maiores felicidades do mundo.

PS: desculpa o texto enorme.
De carlos a 29 de Maio de 2010 às 17:50
Olá...claro que sei quem és. MAs para começar não é um brasileiro chamado Leandro, mas sim o Leandro, pq n é um qualquer, foi a pessoa que escolhi, que me apaixonei e amo, apesar de tudo. A seguir desculpa mas n te vi no sábado, podias ter falado comigo, prometo que não mordo. Depois nem todas as pessoas sabem do meu blog, não faço publicidade. O tempo que estivemos sem falar ou ver, foi por circunstancias da vida, apenas isso, nada tenho contra ti.
Também te desejo muitas felicidades e se me vires, cumprimenta-me,ok?
Fica bem
Abraço
De MIGUXA a 28 de Maio de 2010 às 19:31
Doce Amigo,

Passei para te desejar


Image


Beijinhos
Margarida

De carlos a 29 de Maio de 2010 às 17:50
Obrigado minha querida amiga.
Beijo grande para ti.
De Anónimo... a 29 de Maio de 2010 às 14:06
Julgava-te deveras feliz,
A viver o teu grande amor,
Vim aqui como sempre continuei a vir,
Apesar de um mal entendido que causou dor,
Infelizmente verifico que estás algo menos bem,
Certamente até já nem te recordas de mim,
Sou apenas alguém que ainda te quer bem,
Que te envia um abraço triste por te saber assim...
De carlos a 29 de Maio de 2010 às 17:52
Olá... pois estava muito feliz e a viver o meu grande amor tens razão, embora as coisas agora não estejam assim tão bem...coisas da vida!
Acho que sei quem és, mas não tenho a certeza, podias colocar o nome...
Obrigado pelas palavras amigas.
Abraço
De Anónimo... a 29 de Maio de 2010 às 18:05
Os vendavais podem matar uma rosa, duas, três ou mais, mas jamais conseguirão matar a primavera...

Por isso não desistas, luta pelo que desejas para ti...

Quanto ao meu nome, é apenas um nome que se perdeu algo muito estupidamente no passado, neste mesmo espaço, movido por...

Abraço
De carlos a 29 de Maio de 2010 às 18:41
Lutar é o que mais tenho feito...acredita que é!
Ainda tenho duvidas sobre quem és...dá lá uma dica qualquer...Só existem duas pessoas com quem tive algum aborrecimento por aqui...mas fosse o que fosse está mais que ultrapassado...garanto!
Abraço

PS: Conheces uma Avó Rosa?
De Anonimo... a 29 de Maio de 2010 às 19:53
Não...efectivamente não conheço nenhuma avó rosa, mas tive a grande felicidade de ter tido uma Muito Doce e Eternamente Saudosa Vó Rosa...

Abraço
De carlos a 30 de Maio de 2010 às 02:55
Ok...já sei quem és e lembro-me sim de ti... eu não me esqueço assim das pessoas tão rapidamente. Não é J....?
Abraço

Ah...nunca me esqueci da história do liquidificador...

Comentar post

Se me querem conhecer
Os últimos...

Saudade!

Queria ter coragem!

Desencontrado Encontro!

Aconteceu e ...

Eu só quero!

...

Parabéns!

" Do Começo ao fim"

Devaneios...

Quando não existem palavr...

O que já lá vai...
quantos me visitaram
free hit counters
free hit counters
favorito

AMANTES

Queres encontrar algo?
 
eXTReMe Tracker