Sábado, 2 de Abril de 2011
Desencontrado Encontro!

Foi preciso que os olhos se encontrassem e sem hesitar, eles marcaram um encontro sem precedentes. Algo fora da agenda, maravilhosamente inclinados a encontrarem-se. Ansiosos eles esperaram que as palavras saissem. Mas, elas não puderam ser ditas, não havia mais tempo, porque as bocas também se precisaram.

Nesse súbito e desencontrado encontro, onde nada mais existia, apenas os pares de retina presos, as bocas se suplicavam. Os olhos ficaram para depois, porque foram os lábios que regeram magicamente aquele momento.

Fizeram caminhos desencontrados. Contornaram parte das peles. Decidiram que ali, elas ditariam as regras. E os olhos, ficaram para depois...

As palavras não tiveram espaço, pois eram pequenas, desnecessárias, diante da grandeza do Querer.

 

publicado por carlos às 23:29
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
Se me querem conhecer
Os últimos...

Saudade!

Queria ter coragem!

Desencontrado Encontro!

Aconteceu e ...

Eu só quero!

...

Parabéns!

" Do Começo ao fim"

Devaneios...

Quando não existem palavr...

O que já lá vai...
favorito

AMANTES

Queres encontrar algo?